Não é o ideal, mas é o que tem: Divino e maravilhoso

Divino e maravilhoso


Siga o coelho branco, até a toca, e veja aonde ela vai levar. Só sei que do nada as coisas começam a se configurar de outra forma para mim agora, em meu mundo é tudo novo. É inacreditável, como se fosse uma brincadeira, as coisas se tornam intensas e formidáveis de uma hora para outra. Entregas, sem medos, sem distraçõe por algumas horas explorar aquele mundo me pareceu tão fabuloso e gentil, ao mesmo tempo perigoso, divino e maravilhoso .

E depois de tudo, depois de tantas coisas, uma coisa mexe comigo de uma forma explosiva!

BOOOOOOOOMMMMMM!!!!

Acho que já estive muito tempo nesta concha, sei como é aqui, explorar esse novo mundo é uma proposta tão tentadora e deliciosa. Mas quem é Alice, e quem o coelho?


"Toda a química, humores, nossos olhares cruzados, suados,
solares, que atravessam até os mares,
e em qualquer momento é bom.
O riso sem os disfarces são os melhores,
sem as máscaras de cada dia, são como flores se abrindo.
E a gente sabe e se quer e se mostra e se envolve e se dá.
O acaso, doce acaso, mero acaso que te traz, assim, aqui
pra mim. Se eu te quero, quero tua língua em minha
boca, a tua boca solta no meu corpo todo.
O teu corpo vibra,
o teu corpo é vida, então que viva o corpo que
é vida e vida é desejo e nunca é vulgar.
Um furacão passa por nós, entre nós, sobre nós,
fazendo nós, desatando nós, inventando nós, modificando nós,
libertando nós.
Sentir o corpo queimando, ardendo, é bom, é doce,
é molhado, é ácido, é tudo ao mesmo tempo.
Que loucura, a gente fica enfeitiçada, embriagada,
com vontade de se tocar.
E a gente sabe
que o amor não se compra no mercado” .... ( Rebeca MAtta)

3 comentários:

  1. amor e drogas.... nao sei se vc descreveu um, ou outro. rs

    ResponderExcluir
  2. Personagens que a arte rouba da vida.

    Link u too, man.

    ResponderExcluir

palavras ...

Copyright © Não é o ideal, mas é o que tem Urang-kurai